HOW TO – Se sair bem na entrevista no consulado americano

HOW TO – Se sair bem na entrevista no consulado americano

HOW TO – Se sair bem na entrevista no consulado americano

É uma parte tão especial do processo para tirar o visto para os Estados Unidos, que mereceu um artigo inteiro só para ela! A entrevista no consulado americano é, com certeza, a parte mais importante do processo para tirar o visto para os Estados Unidos. É o tudo ou nada. O momento decisivo. É praticamente impossível encontrar alguém que já tenha vivido essa experiência e que não conte como é assustadora ou o quanto ficaram apreensivos no dia.

Pois bem, nesse segundo artigo da série “HOW TO” estou aqui para dizer que a entrevista no consulado dos EUA não é todo esse monstro que pintam. Se você chegou aqui e não sabe nem por onde começar a tirar o visto para os Estados Unidos, descubra como tirar o visto para os EUA primeiro.

Antes de qualquer coisa: verifique sua documentação!

Faça isso no dia anterior à entrevista e, de preferência, já deixe tudo organizado para o dia seguinte. Desde o início desse processo para tirar o visto para os Estados Unidos, você preencheu alguns formulários (o DS-160, por exemplo), certo?

Pois bem, no dia da entrevista existem três documentos que serão imprescindíveis.

São eles:

  • Seu passaporte
  • O comprovante de agendamento da entrevista
  • A confirmação de preenchimento do DS-160

Alerta: É extremamente importante que você tenha preenchido o seu DS-160 corretamente (se tem alguma dúvida sobre o preenchimento, só checar as instruções no site da embaixada americana). Pois qualquer erro de preenchimento nesse formulário pode atrasar a liberação do seu visto americano e você corre o risco até mesmo de ter seu visto para os EUA negado.

Por precaução, você pode (deve) levar também documentos que comprovem seu vínculo com o Brasil, que mostrem que você precisa voltar pra cá depois da viagem. Mas espere eles solicitarem os documentos na hora da entrevista no consulado americano, não se apresse!

Esteja descansado no dia da entrevista!

Não é muito legal chegar com cara de ressaca no dia da entrevista no consulado, onde o oficial consular (vulgo pessoa do outro lado do guichê) está avaliando você. Passar uma primeira boa impressão é fundamental. Coma direito, durma bem, separe a roupa que vai usar e procure ficar tranquilo no dia anterior ao da entrevista. Confirme o endereço do consulado americano que você escolheu, e planeje seu trajeto com antecedência! Chegue cedo no dia da entrevista para tirar o visto americano, mesmo que esteja marcada para a tarde. Não subestime o tamanho da fila que o aguarda lá.

Além disso, se informe sobre os itens proibidos no consulado americano no dia da entrevista.

Chegando lá…

Chegando ao consulado, pode ser que haja uma fila gigantesca ou não, é difícil prever isso. Quando fiz minha entrevista para tirar o visto para os EUA, a fila do Consulado americano aqui do Rio estava quase dando uma volta no quarteirão (e isso é BASTANTE coisa, acredite!).  Algo que notei também foi uma espécie de organização de ambulantes do lado de fora do consulado americano, todos cobrando em torno de R$ 15 reais para guardar os celulares dos desavisados que não consultaram os itens proibidos no consulado americano. As pessoas deixavam seus celulares, pagavam, e recebiam um comprovante para recolher o celular depois da entrevista no consulado.

Lembrando que o Consulado Americano tem detectores de metais, não adianta querer bancar o esperto e tentar entrar com o celular.

Entrei, e agora?

Aguarde. Você vai estar numa fila, organizada por eles, com algumas cadeiras para se sentar enquanto aguarda. Essa espera é angustiante, mas lembre-se: relaxe e mantenha o controle. Os guichês no consulado são individuais, você e o oficial consular conversarão através de um vidro, mas nada que atrapalhe a comunicação.

Idioma: em qual língua vai ser realizada a entrevista?

Você escolhe. Os oficiais do consulado americano falam português fluente, portanto, só escolha a entrevista em inglês se for fluente (ou próximo disso). Importante lembrar que: escolher a entrevista consular em inglês não torna mais rápido o processo de aprovação do seu visto, muito menos garante que ele seja aprovado. Se você escolheu fazer a entrevista em inglês e precisa de algumas dicas, dê uma olhada nos sete erros comuns que brasileiros cometem ao falar inglês.

É agora: as perguntas!

Chegou sua vez!

Mantenha a calma. Está com todos os documentos? Preencheu tudo certinho? Se sim, está tudo bem. O oficial consular vai pedir seu passaporte e formulários (o DS 160 e confirmação de agendamento da entrevista), entregue os papéis e aguarde. Ele deve começar as perguntas em breve.

Elas geralmente são as mesmas, como:

  • O que vai fazer nos EUA (motivo da viagem)
  • Se você conhece alguém que more lá
  • Se já esteve nos EUA antes
  • A data da sua viagem
  • O que você faz (trabalho/estudo) aqui no Brasil
  • O que seus pais/cônjuge fazem
  • Onde você mora
  • Por quanto tempo vai ficar
  • Os lugares que vai visitar

Responda tudo sinceramente, não minta. Eles vão checar as informações, vão se ausentar do guichê algumas vezes. Aguarde e não se exalte. Discutir não vai fazer com que seu visto seja aprovado mais rápido!

Meu relato:

Quando fiz minha entrevista, fiquei extremamente nervosa porque era minha primeira vez saindo (ou melhor, tentando) sair do país. Como eu fazia parte de um programa de intercâmbio do governo, a entrevista no consulado foi simples e rápida. Fizeram as perguntas de praxe, mais outras duas (“você está em algum relacionamento?” e como respondi que sim: “há quanto tempo está nesse relacionamento?”) e só. O oficial do consulado americano fez algumas pesquisas, verificou dados, e eu aguardei pacientemente. No fim, ele me deu os parabéns e disse que meu visto havia sido aprovado! Fiquei muito feliz, e aliviada. Em mais ou menos uma semana voltei para pegar o passaporte com o visto, mas você pode optar por receber em casa, é só informá-los da sua preferência.

Bom, é isso! Boa sorte!

Você tem alguma sugestão ou dúvida sobre a entrevista no consulado americano? Deixe aqui nos comentários!

11-12-16 - atualizado sites de referência do texto.
intercambio nos estados unidos
Up Next:

Intercâmbio nos Estados Unidos, 5 Cidades para ajudar na sua escolha

Intercâmbio nos Estados Unidos, 5 Cidades para ajudar na sua escolha