Saudade de casa, Essa tal Homesick

Saudade de casa, Essa tal Homesick

Saudade de casa, Essa tal Homesick

Ai, a homesick ou saudade de casa, aquela saudade da nossa família, do nosso lar, que aperta nossos corações quando estamos morando longe de casa. Se você está no exterior e não sentiu ainda, um dia vai sentir. Acho que homesick é diferente de uma saudade qualquer. Você não sente só saudade da pessoa, mas sim saudade das conversas que você tem com ela cara a cara, das risadas, das brigas e principalmente do toque… aquele abraço apertado que faz tempo que você não recebe.

Para a comida também funciona assim, não é somente saudades de comer uma feijoada ou até de tomar um Toddynho, mas de tudo que isso representa, como: comer feijoada e estar rodeado de amigos, família, em um lugar que você se sente muito confortável, conversando, ouvindo vozes familiares… é isso que faz ser tão especial.

E quando você está nessa “crise”, você pensa: “O que eu estou fazendo aqui se eu queria estar no Brasil, na minha casa, com as pessoas que eu amo e comendo o que eu gosto de comer?”

Sim, no meu período de intercâmbio me fiz muito esse questionamento. E aí você tem duas soluções, uma é tentar mais um pouco e a outra é voltar para o Brasil. Mas voltar para o Brasil? Sim, isso não é uma derrota. Nem todos se adaptam a qualquer lugar. Às vezes a pessoa vai e percebe que o lugar dela é realmente no Brasil.

Aqui no After the Plane temos um texto que fala um pouco deste e de outros sentimentos que sentimos durante um intercâmbio em Como fica o que deixamos para trás em um intercâmbio? e o texto Morar sozinho?

Mas, se você está pensando seriamente em voltar, ainda assim eu diria que você deve dar uma chance para esse sonho que você deve ter se planejado por meses ou até anos para realizar. Dê tempo ao tempo. Tem pessoas que desistem no primeiro mês e eu não considero isso uma boa tentativa. Mas se tentou durante um tempo, fez de tudo para superar essa saudade de casa e não conseguiu. Então volte!

Se voltar não é uma alternativa pra você, a melhor saída nesses momentos de desespero é avaliar o seu momento: “Qual o seu objetivo hoje?”, “Quais as coisas que você prefere desse novo país?”, “O que você pode conquistar aguentando firme?”. São perguntas positivas e que fazem você analisar tudo que está acontecendo por um lado bom. Quantas coisas você vai deixar de viver só porque está sentindo saudade demais, e eu falo isso por experiência própria. Aproveite tudo que você está vivendo, pois só assim valerá a pena. Quando essa saudade de casa louca começar a te perturbar tente amenizar com uma boa conversa no Skype ou até uma passadinha num mercado/restaurante brasileiro e depois saia de casa e vá fazer alguma coisa que você goste do país que está vivendo. Com certeza isso vai te animar por algum tempo. Quando a saudade de casa voltar, faça isso de novo. E cada vez que essa saudade incontrolável vier, ela vai ficar mais leve de segurar, eu prometo.

O assunto tem até pagina no wikihow e vários outros textos online. O que não podemos é ignorar a existência desse sentimento tão temido por intercambistas. Ele existe e deve ser avaliado por você mesmo quando estiver passando por ele.

No canal Potatoes você também encontra um video onde a Bruna conta com detalhes um pouco mais sobre este sentimento.

12-12-16 Atualizado Nome do texto
pubs para visitar em Dublin
Up Next:

10 pubs para visitar em Dublin em 2017

10 pubs para visitar em Dublin em 2017