Intercâmbio de um mês, dá pra aprender inglês?

Intercâmbio de um mês, dá pra aprender inglês?

É possível aprender inglês em um intercâmbio de um mês?

Fazer um intercâmbio de um mês é a saída para muitas pessoas que não têm condição de passar tanto tempo fora ou preferem investir em experiências mais curtas. Porém, algumas dúvidas rodeiam a duração reduzida desse intercâmbio, e muita gente se pergunta se é possível aprender ingles em um mês. Claro que, pensando em toda a complexidade do processo de aprender um idioma estrangeiro, que é bem mais do que apenas adquirir vocabulário, leva-se um tempo muito maior do que quatro semanas para chegar lá.

É importante ter em mente que, ainda que um intercâmbio de um mês não traga a fluência desejada, ele ainda tem muito a contribuir, independente de qual seja a situação do intercambista. Para alguém com conhecimentos básicos, o nível de inglês pode aumentar significativamente. Para quem já tem um conhecimento mais avançado, também pode ser bastante enriquecedor e uma ótima alavanca quando se chega àquele nível em que aulas de gramática já não acrescentam tanto e necessita-se da vivência para evoluir.

E esse é o ponto do intercâmbio: a vivência. Em uma experiência como essa, o aprendizado maior do inglês acontece pelo fato de o estudante estar inserido naquele contexto idiomático em todos os momentos do dia, durante vários dias seguidos. A situação o força a pensar na outra língua o tempo todo e esse é um exercício que faz toda a diferença para um grande aprendizado, mas que não acontece no curso de inglês que se faz no próprio país, onde se passa algumas horas por semana na sala de aula e, logo depois, se insere outra vez no contexto do idioma nativo. Um intercâmbio, independente da duração, sempre será um intercâmbio, algo capaz de proporcionar a vivência real do idioma, que é algo tão único durante o processo de aprendê-lo. E é por isso que um mês pode ter muito a oferecer, ainda que não pareça, e ainda que não venha com a promessa da fluência.

É importante lembrar que a produtividade do período que se passa fora do Brasil depende de muito mais fatores do que apenas a duração da viagem. Nem todas as pessoas evoluirão da mesma forma depois de um mês de aprendizado – assim como nem todas evoluem igualmente em intercâmbios maiores também. O tipo do curso, a maneira como o intercambista aproveita a oportunidade, a quantidade e a qualidade do estudo que o aluno tem… Tudo isso pode ser mais decisivo do que o número de dias em que ele passa no novo país.

Por isso, se há preocupação em relação em aprender inglês em um intercambio de um mês, uma das principais dicas deve ser a de aproveitar ao máximo todas as coisas. Investir em um curso mais forte, se dedicar muito aos estudos fora da sala de aula e procurar realmente se inserir no contexto do novo idioma, deixando o português para quando acabarem as quatro semanas. O mais importante, no entanto, é não se pressionar. Curtir o intercâmbio é priorizar a vivência daquele novo contexto que tanto potencializa o aprendizado de estudantes de qualquer nível do inglês!

Aprender inglês em um mês é um de vários assuntos tratados aqui no site. Gostou do texto? Deixe seu comentário aqui e se inscreva para receber novidades!

12-12-16 Texto atualizado.
Dicas de ingles
Up Next:

Dicas de ingles! 7 erros brasileiros cometem ao falar inglês

Dicas de ingles! 7 erros brasileiros cometem ao falar inglês