Encantadora Irlanda

Encantadora Irlanda

Às vezes fico pensando como o intercâmbio surgiu na minha vida. Eu jamais havia conhecido alguém que tivesse morado fora do país e que tivesse me inspirado a pensar nisso. A verdade é que eu queria conhecer um outro mundo, diferente do que eu estava acostumada. A rotina não é algo que me fascina.

O inglês sempre me trouxe coisas boas. Além de eu adorar essa língua que fica linda em qualquer música, durante o curso de inglês conheci professores incríveis, meu namorado, com quem estou há mais de uma década, vários amigos. A língua Inglesa estava sempre relacionada a boas lembranças. Quando eu estava prestes a me formar no curso de Secretariado Executivo Bilíngue, na Universidade da minha cidade, onde também estudei inglês desde o primeiro semestre, eu percebi que o que faltava naquele momento era viver o idioma no meu dia a dia e conhecer toda uma cultura por trás dele.

Nesse momento tomei uma decisão que mudaria minha vida dali em diante. Eu faria um intercâmbio e o embarque aconteceria logo depois de eu me formar. Porém o meu orçamento não era nada animador, o que de qualquer forma, não me impediu de tentar. Minha empolgação acabou contagiando algumas pessoas ao meu redor, inclusive duas amigas que também tinham interesse em viver esse tipo de experiência, acabaram entrando na loucura comigo.

A Irlanda surgiu como uma alternativa mais barata e tão interessante quanto a Inglaterra, que, não vou mentir, era meu destino preferido. O fato de ser na Europa era algo determinante na minha escolha por aqueles velhos motivos: são países pequenos, com muita história e a facilidade de viajar para países vizinhos é enorme. Assim, comecei a pesquisar esse país a fundo, pois o mesmo se mostrava uma ótima opção para alguém com um orçamento apertado, que ainda assim queria viajar muito e aprender um inglês com sotaque carregado.

E a Irlanda me encantou! É, essa é a palavra para a Ilha Esmeralda: Encantadora. Com uma história muito interessante, cultura riquíssima, paisagens fascinantes e relatos de um povo muito acolhedor. Resolvi que esse seria meu destino. DSCF4711

Eu nunca havia viajado sozinha ou falado inglês com um nativo. Também tinha bastante receio de ficar longe da minha família, namorado e amigos. Então resolvi que seria um intercâmbio breve, mas que eu aproveitaria ao máximo.

Minha experiência na Irlanda aconteceu de Maio a Setembro de 2012. Foram meses mágicos. Claro que houveram momentos difíceis em que me perguntei porque tinha tomado aquela decisão, mas posso afirmar com toda certeza que os bons momentos superam os ruins. Fazer várias coisas pela primeira vez num só dia é surpreeendentemente revigorante. Você passa a querer isso o tempo todo. Vicia! Um intercâmbio na Irlanda te ajuda nisso em todos os aspectos, desde o busker da Grafton Street até a linda vista dos Cliffs of Moher.

Hoje eu não vejo a hora de visitar a Irlanda novamente, na verdade faço isso praticamente todos os dias enquanto estou dormindo.

Bruna Boehringer.
Canal Potatoes
morar fora do Brasil
Up Next:

Morar fora do Brasil - After the Plane

Morar fora do Brasil - After the Plane