Dicas de ingles! 7 erros brasileiros cometem ao falar inglês

Dicas de ingles: 7 erros brasileiros cometem ao falar inglês 

Mais uma série de textos aqui no After the Plane agora com Dicas de Inglês!
Quando os gringos vem ao Brasil e se esforçam para falar o português nós achamos engraçado o jeito meio complicado com que eles tentam se expressar. É um tal de “eu não falar português” para cá, um “eu querer comer comida” pra lá, mas o fato é que eles realmente chamam a atenção.

O que acontece é que, muitas vezes, não nos damos conta que fazemos exatamente a mesma coisa quando vamos para o exterior, sem falar na quantidade de gestos e mímica que usamos para conseguirmos nos expressar a contento.

O fato é que falar o inglês aprendido no curso ou falar com o professor e colegas é até uma tarefa fácil quando comparamos com o grau de dificuldade que pode ser comunicar-se com um nativo.

Saudade de casa, Essa tal Homesick

Saudade de casa, Essa tal Homesick

Ai, a homesick ou saudade de casa, aquela saudade da nossa família, do nosso lar, que aperta nossos corações quando estamos morando longe de casa. Se você está no exterior e não sentiu ainda, um dia vai sentir. Acho que homesick é diferente de uma saudade qualquer. Você não sente só saudade da pessoa, mas sim saudade das conversas que você tem com ela cara a cara, das risadas, das brigas e principalmente do toque… aquele abraço apertado que faz tempo que você não recebe.

10 pubs para visitar em Dublin em 2017

10 pubs para visitar em Dublin em 2017

Nada melhor do que reunir os amigos e bater um bom papo na mesa do bar, não é verdade? E principalmente quando estamos viajando, ou passando algum tempo fora do país, seja fazendo turismo ou intercâmbio, apreciar os bares e restaurantes locais é quase uma obrigação. E se você está planejando um intercâmbio em Dublin, esse artigo vai ajudar você a conhecer 10 pubs maravilhosos para visitar em Dublin. Pegue seu celular, salve os seus preferidos, visite e peça a sua pint!

Vida na cidade X Vida no interior da Irlanda

Vida na cidade X Vida no interior da Irlanda


Por: Larissa Pinheiro

Oi, gente! Vim escrever para vocês hoje sobre a minha experiência morando no interior da Irlanda.

Quando comprei meu intercâmbio eu tive opção de vir para os seguintes lugares aqui da Irlanda: Cork, Galway e Dublin. No final eu fechei com a empresa da minha escolha para vir estudar em Dublin. Nasci e me criei numa cidade grande e achava que nunca ia me adaptar morar no interior.

Como usar sua viagem de intercâmbio a seu favor durante uma entrevista de emprego

Que as coisas não tão fáceis para ninguém não é nenhuma novidade, não é mesmo? Crise econômica, crise política e crise pessoal, tudo e qualquer coisa parece ser um obstáculo ao crescimento profissional hoje em dia. E entrar no mercado de trabalho, então? Você precisa de experiência para conseguir uma vaga, mas sem a vaga é impossível conseguir experiência. Um paradoxo digno do século XXI.

É aqui que ter uma viagem de intercâmbio na manga pode pesar a balança a seu favor. Falar sobre seu intercâmbio em uma entrevista de emprego pode ser o diferencial que te vai te ajudar a ficar com a vaga.

Se você já fez um programa de intercâmbio no exterior ou ainda está analisando as vantagens de se fazer um, deixe-me ajudá-lo com essa difícil questão:

Síndrome do Regresso: Como se prepapar para voltar ao brasil

Se você já está nos quarenta e cinco do segundo tempo e a volta para o Brasil é iminente, veja algumas dicas sobre como se preparar para enfrentar a tão temida Síndrome do Regresso.
Há um tempo atrás eu falei por aqui sobre as coisas que deixamos para trás ao partir para um intercâmbio. Agora, quero falar sobre a volta, um assunto nada agradável mas muitas vezes inevitável para quem participa de um programa de intercâmbio no exterior.

Namoro a distância durante o intercâmbio

Viver uma experiência fora aprendendo uma nova cultura e aperfeiçoando um idioma é sem dúvida uma oportunidade incrível. Mas tomar a decisão de fazer um intercâmbio, ficar longe das pessoas que você mais gosta também é uma situação delicada. E quando você namora então? O que fazer? Será que vale a pena um namoro a distância durante o intercâmbio?

Como fica o que deixamos para trás em um intercâmbio?

É claro que falar de intercâmbio é trazer à mente uma explosão de bons pensamentos sobre aquele que é um grande sonho, uma oportunidade incrível e uma experiência inigualável… Mas isso não significa que o tão desejado intercâmbio não traga consigo algumas dificuldades também. Talvez a maior delas possa ser sentida logo no início, quando se começa a planejar a viagem: o medo de deixar tanta coisa para trás. Família, amigos, namoro, emprego, tudo isso é parte da vida que construímos e é muito difícil dizer adeus àquilo que nos é tão fundamental.

Intercâmbio ON – Brasil OFF

Quando estamos no Brasil dando os primeiros passos para o planejamento do tão sonhado intercâmbio, temos a incrível possibilidade de nos comunicarmos com estrangeiros, vermos diversos tipos de conteúdos do novo país ambientalizados no novo idioma e, com tudo isso, já começamos a experiência da realidade tão distinta que nos espera. Da mesma forma, e até mais facilmente, quando estamos no outro país podemos ainda ter um grande contato com nossa própria terra.
Por meio da internet, tão acessível em todos os lugares, podemos nos manter próximos aos parentes e amigos que deixamos para trás ao ir em busca daquilo que sonhamos. Fica assim difícil aprender como se desligar do brasil.

Intercâmbio e Trabalho – Como Acontece Essa Mistura?

Trabalhar durante o intercâmbio para se manter no exterior é uma necessidade para muitas pessoas que optam por viver fora do país. Para outras, o trabalho não é necessidade, mas uma opção. E ainda há aquelas para as quais o trabalho é até mesmo o foco de sair do país. O fato é que muitos intercambistas trabalham durante sua experiência no exterior. E as possibilidades são muitas.